Oficina Brasil


Gol 1997 1.6 MI falhando nas ultrapassagens

Saiba como foi solucionado o defeito do modelo da Volkswagen

Por Da redação

Defeito: Este modelo da Volkswagen equipado com o motor 1.6 MI foi levado à oficina com o cliente alegando que após o veículo esquentar e realizar algumas ultrapassagens nas viagens, o motor começa a falhar como se estivesse faltando cilindro, perdendo força, mesmo pressionando o pedal do acelerador até o final, o carro não volta ao normal.  

Depois de desligar o carro e esperar alguns minutos até esfriar, o carro volta ao normal, mas pouco tempo depois o defeito volta a ocorrer.  

Diagnóstico: Foram conferidos alguns componentes como filtro de combustível, bicos injetores e TBI. No scanner nenhuma falha foi detectada.  

Sem mais saídas, decidiu expor seu problema no Fórum Oficina Brasil, na intenção de tirar mais informações sobre o caso. 

Alguns colegas de profissão relataram de início para ele sair da oficina e realizar alguns testes em rua, checando os parâmetros com o scanner e com um manômetro instalado nas linhas de combustível. Um teste realmente muito eficaz.  

Por meio deste teste o reparador teve uma visão geral dos sensores atuando, porém, nenhuma falha foi apresentada e a pressão do combustível permaneceu em 2,5 bares. Estava de acordo com o padrão. 

Já na oficina, o reparador conferiu o ponto de ignição, todas as velas, tampa do distribuidor, chicote elétrico e aplicou a limpeza dos bicos injetores. 

No final de semana o cliente resolveu buscar o carro, pois, teria uma viagem urgente para realizar.  

O cliente informou que durante a viagem o veículo falhou por quatro vezes repentinas. O carro ficou melhor de desempenho, mas o defeito continuava, disse ele. 

Outro colaborador do Fórum sugeriu a substituição das velas de ignição, cabos, TBI, conferência do ponto, tanto com a ferramenta, tanto com a lâmpada, e a substituição do sensor de temperatura. 

Outra suspeita seria da válvula de alívio estar fora da pressão programada. 

Solução: Antes mesmo de concluir todos os testes sugeridos pelos seus colegas de profissão, o reparador teve uma breve conversa com o cliente e acabou descobrindo alguns pontos importantes a se considerar. O cliente relatou que fez uma viagem dias atrás e teve que encher o tanque de combustível em um posto qualquer na estrada. 

O problema deste veículo estava no combustível adulterado e de péssima qualidade. Após substituir o combustível por um de qualidade e trocar o filtro de combustível, o carro melhorou por completo. 

Infelizmente é uma realidade em que vivemos, não podemos confiar em qualquer posto para o abastecimento. O valor economizado no momento do abastecimento pode não compensar no momento da reparação. Alerte seus clientes. 

Comentários