Oficina Brasil


Embreagem unidirecional pode impedir o funcionamento do motor na partida da moto

O motor de arranque da motocicleta gira forte e o motor não pega, pode ser problema na embreagem unidirecional, é isso que vamos mostrar: como identificar a causa deste defeito

Por Paulo José de Sousa

Se perguntarmos aos reparadores o que é embreagem unidirecional, pode ser que alguns nunca ouviram falar, mas se a pergunta estiver relacionada à placa de partida, embreagem de sentido único ou embreagem de partida, certamente a maioria dos profissionais conhecem o conjunto. São varias denominações para o mecanismo que interliga o motor de arranque ao motor da motocicleta. 

O sintoma de defeito é sempre o mesmo, a placa de partida faz barulho e patina, em nosso estudo vamos ajudar a identificar as causas.

A embreagem unidirecional ou engrenagem de sentido único faz parte do sistema de partida da motocicleta, o conjunto permite que o motor seja acionado pela partida elétrica e pegue sem interromper abruptamente o movimento do motor de arranque. O mecanismo evita que haja danos ao motor de partida motivado pelo contragolpe da rotação vinda do volante do motor da motocicleta, neste momento o unidirecional girará livre evitando ruídos dos impacto e a quebra das peças em movimento.  

SINTOMAS DE MAU FUNCIONAMENTO 

• A embreagem unidirecional patina, ao acionar o botão de partida, o motor de arranque girará forte e o motor da motocicleta não acompanha a rotação e não funciona. Inicialmente esses sintomas serão intermitentes, ocorrem ocasionalmente sem critério estabelecido, posteriormente aparecem com mais frequência até a motocicleta não pegar mais.  

• Em alguns casos ao acionar o botão de partida ouvem-se ruídos vindos do conjunto da embreagem de partida. Os ruídos são provenientes dos roletes que estão com folga devido ao desgaste do conjunto. 

LOCALIZAÇÃO 

A embreagem unidirecional está presente nos sistemas de partida elétrica em motos e scooters. Ela está instalada atrás do volante e faz a interligação do motor de arranque ao motor da motocicleta. 

Sequência:  

1 - Eixo do motor de arranque; 

2 - Engrenagem intermediária;  

3 - Engrenagem da embreagem 

de partida.

DESCRIÇÃO 

Semelhante a um rolamento de roletes a embreagem de partida possui 3 ou mais elementos cilíndricos, os roletes têm um formato semelhante de cilindro ovalado.  

Durante o funcionamento a parte externa do rolamento exerce força no jogo de roletes, a rotação é transmitida para a parte interna do rolamento e na sequência ao motor. Com o desgaste da embreagem unidirecional os roletes perdem a ação e não exercerão mais a função de travar o conjunto, sendo assim a peça deslizará e a rotação não será transmitida na íntegra. A engrenagem “gira em falso” porque está patinando, também há casos em que ela emite “estalos’ no momento da partida. 

Após os diagnósticos iniciais percebe-se que a rotação do motor elétrico não é transmitida ao propulsor da motocicleta. Estamos diante de um defeito clássico na placa de partida gasta. 

Uma observação importante: antes de responsabilizar o conjunto da embreagem unidirecional pelo mau funcionamento da partida da motocicleta verifique os seguintes itens:  funcionamento do motor de arranque, tensão (V) da bateria e funcionamento do relé de partida. 

Prováveis causas de defeitos na embreagem unidirecional: 

• Falha de instalação;  

• Qualidade do conjunto; 

• Tipo de lubrificante e 

 periodicidade da troca. 

Como testar a embreagem unidirecional - Remova o motor de arranque, sem remover a placa de partida tente movimentar a engrenagem para ambos os lados, o mecanismo permitira movimento somente para uma direção, no sentido oposto a engrenagem será bloqueada.  

Se ocorrer movimento para os dois lados remova o conjunto e faça o teste mais uma vez.  

Teste da embreagem unidirecional fora do motor da motocicleta - Movimente a engrenagem para o lado direito e para o lado esquerdo, o mecanismo permitirá movimento somente para uma direção, no sentido oposto a engrenagem será bloqueada. Se ocorrer movimento para os dois lados considera-se que o conjunto está danificado, substitua a peça desgastada de acordo com a recomendação do fabricante da motocicleta. 

PRINCIPAIS DEFEITOS 

Verifique:  

• Desgastes nos roletes;  

• Desgastes nas guias das molas dos roletes; 

• Desgastes na base; 

• Quebra da mola de fixação dos roletes;  

• Desgastes na superfície de contatos do rolete na engrenagem; 

• Desgastes na bucha interna da engrenagem (motocicleta 125cc); 

• Desgastes no rolamento de agulhas da engrenagem (motocicleta 250cc); 

• Desgastes nos dentes da engrenagem. 

Comentários