Oficina Brasil


Você é reparador ou empresário?

Vamos começar esse texto indo direto ao assunto. Qual o papel de cada um?

Por Fábio Moraes

Reparador: é aquele que dedica muito tempo de seu dia executando serviços de manutenção do carro, ajuda a atender os clientes e não se envolve na administração da oficina, até porque nunca foi preparado para administrar, pois sempre trabalhou no pátio da oficina.

Empresário: é aquele que dedica a maior parte do tempo de seu dia pensando e administrando a oficina. Além disso investe em seu conhecimento participando de palestras, cursos e treinamentos. Entende um pouquinho de todas as gestões que uma empresa exige. Significa que consegue trabalhar no dia a dia a gestão do pátio, a gestão do estoque, a gestão financeira, a gestão dos indicadores, a gestão fiscal, a gestão de pessoas, a gestão da produtividade e a gestão da qualidade.

Reparador ou empresário?

Como você se vê em sua empresa? Você acredita ser um empresário da reparação automotiva ou um reparador?

Infelizmente esta é uma resposta que somente cada dono de empresa deve responder, com muita sinceridade e sem a intenção de enganar-se. Dentro das definições acima, como você encara sua empresa todos os dias? Como reparador ou como empresário?

Se você quiser levar a oficina como ela vem sendo conduzida nos últimos anos, então mantenha sua posição de reparador e lembre-se de que daqui a alguns anos sua empresa poderá não fazer parte do mercado. Porém, se decidir ser um empresário ou mais, se quiser ser um empresário da reparação automotiva, então coloque em sua cabeça que você vai gastar mais energia no começo desta caminhada e, até conseguir administrar sua oficina aplicando todas as gestões, enfrentará muitos desafios.

* O desafio da mudança cultural, pois para conseguirmos ter a empresa bem administrada é necessário mudar o nosso conceito de administração e isso começa pelos proprietários

* O desafio da regularidade em nossas ações diárias, ou seja, executar as ações e monitorar várias vezes durante o dia, todos os dias

* O desafio do estudo dos indicadores da oficina, separando um tempo do dia para estudar os indicadores e transformá-los em um plano de ação para ajustar aquilo que não está caminhando tão bem

* O desafio de entender que estas ações são diárias

Ser empresário num país como o nosso é mais do que um desafio diário. É uma luta permanente e injusta (principalmente por causa do governo).

Como reparador vou reclamar, reclamar e continuar reclamando, de tudo e de todos. Nesta situação minha função é achar “responsáveis ou culpados” sem olhar para a empresa querendo fazer uma autocrítica. Os problemas que acontecem na empresa são sempre consequências de tudo, menos da forma que fazemos a administração dela.

Como empresários vamos deixar os problemas gerados pelo governo ficarem fora da nossa empresa, vamos reclamar menos e estudar mais. Estudar os números da empresa, estudar como está o relacionamento das pessoas que trabalham e com isso entender se na empresa temos funcionários ou equipe. Como empresários vamos estudar diariamente o que fazer para melhorar o atendimento e a receptividade aos nossos clientes e o que fazer para aumentar a produtividade. Vamos planejar ao invés de tomar decisões na medida que as coisas acontecem.

Conclusão

O tamanho de sua empresa não importa. Seu comportamento diário sim.

A quantidade de funcionários não importa. Ser líder para fazerem todos trabalharem em equipe sim.

O tempo de existência da empresa não importa. Administrar com eficiência sim.

Onde errei na empresa reflete o momento atual dela, mas onde quero chegar reflete a diferença de um reparador e um empresário.

Seja empresário. Faça a administração correta de sua empresa, e o que é melhor: Ganhe dinheiro!

 

Fábio Moraes

CEO da empresa Ultracar, com 25 anos de experiência em gestão e administração de oficinas. Matemático, Analista de sistema e Administrador de empresas. Auditor do IQA, (Instituto de Qualidade Automotiva), consultor do IAA e consultor de várias oficinas do Brasil. Está viajando o Brasil inteiro neste ano de 2017 ministrando palestra com o tema “Oficina de sucesso é oficina rentável: transformando reparadores em empresários”

Comentários