Oficina Brasil


Senai Ipiranga: na engrenagem da evolução

No ano em que comemora os seus 50 anos de idade, a Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Conde José Vicente de Azevedo, localizada no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo, continua a despontar como um dos maiores centros educacionais do Brasil e da América Latina

Por Da Redação

No último mês, a unidade Ipiranga do SENAI, referência mundial na formação técnica automobilística, consagrou-se mais ainda, ao celebrar a formatura de seus alunos em diversos cursos. 

Mais de 100 estudantes e seus familiares participaram da cerimônia, que diplomou novos profissionais nos cursos de Aprendizagem Industrial Mecânico de Automóveis, Curso Técnico em Manutenção Automotiva, Curso Técnico em Eletroeletrônica e Curso Superior de Tecnologia em Sistemas Automotivos.  

“Para nós é gratificante toda vez que comemoramos uma formatura, pois é um momento que representa um real significado. O SENAI cumpre sua missão de promover educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira”, salientou em seu discurso de abertura o Prof. Fabio Rocha da Silveira, diretor do SENAI Conde José Vicente de Azevedo. 

Diversos representantes da cadeia automotiva participaram do evento, reforçando ainda mais o laço da escola com o segmento automobilístico. “A indústria mecânica, automobilística, está carente de profissionais com capacidade técnica. O SENAI vem, há bastante tempo, desenvolvendo pessoas destinadas para cada segmento, o que é de muita importância. A Mitutoyo é parceira, fornecendo instrumentos e equipamentos para a didática da escola, ajudando na criação de bons profissionais”, disse Rubens Nishimura, vice-presidente da Mitutoyo no Brasil. 

Nas entrelinhas dos formandos, a satisfação da conclusão de mais uma etapa importante na vida profissional. “Este curso proporcionará uma colocação diferenciada no mercado, tendo em vista que desejo segmentar minha oficina em especializada nas marcas Peugeot e Citroën. Esse setor necessita cada vez mais de pessoas capacitadas para atender essa gama de veículos modernos, como os híbridos e elétricos, bem como a exigência cada vez maior dos clientes”, sintetizou Eleutério Pereira dos Santos, formado no curso superior de Tecnologia em Sistemas Automotivos. 

Escolhido em 2018 para ser paraninfo de todos os estudantes, o Diretor Geral do Grupo Oficina Brasil, Cássio Hervé, foi enfático ao analisar o futuro dos formandos: “o trabalho é uma das maiores oportunidades de realização de autoconhecimento e de crescimento. Mas tens que gostar do que se faz. No dia a dia profissional, o crescimento vai depender da motivação, de como o fator externo impactará internamente em cada um”, concluiu. 

A Escola e Faculdade de Tecnologia SENAI Conde José Vicente de Azevedo iniciou suas atividades em 1968, com cursos de ajustagem, tornearia mecânica, mecânica de automóveis, eletricidade, marcenaria, polimento de móveis e tapeçaria. Em maio desse mesmo ano, a escola passou a trabalhar no período noturno, com cursos de desenho mecânico e mecânica de automóveis. A partir de 1994, o SENAI-SP definiu que a escola centraria seu foco principalmente na área da automobilística e, para alcançar esse objetivo, buscou estabelecer parcerias com as empresas do setor. Atualmente, novos conceitos de mobilidade, veículos autônomos, novas alternativas de propulsão com veículos elétricos, híbridos, Internet das Coisas, Indústria 4.0 estão entre os temas das ações estratégicas da unidade. 

Comentários