Oficina Brasil


Ford comemora 50 anos da fábrica de Taubaté

A data também marca o início da produção local do motor 1.5 TI-VCT Flex de três cilindros e da transmissão manual MX65

Por Caique Silva

A Ford comemorou no último mês três marcos importantes de sua fábrica em Taubaté, no interior de São Paulo: os 50 anos de operação da unidade e o início da produção local do motor 1.5 Ti-VCT Flex de três cilindros e da nova transmissão manual MX65. O evento contou com a presença do presidente da Ford América do Sul, Lyle Watters e outros nomes importantes, como autoridades, executivos, sindicalistas e empregados.

O motor 1.5 Ti-VCT Flex de três cilindros, que hoje equipa o EcoSport, também será oferecido em breve no Ka FreeStyle, mais novo utilitário compacto da marca, junto com a transmissão MX65. O Brasil foi o primeiro a lançar o novo propulsor global e agora será um dos únicos a produzi-lo, ao lado da China, do México e da Índia, país de onde ele era importado até então.

“A produção local do novo motor e da nova transmissão é mais uma prova do foco da Ford em servir os consumidores com produtos versáteis, que oferecem grande economia de combustível sem comprometer a performance e o prazer de dirigir”, disse Lyle Watters. “Para isso, fizemos significativos investimentos em equipamentos, sistemas e melhoria de processos que estão totalmente alinhados com os conceitos da Indústria 4.0. E investimos também no nosso recurso mais valioso – as pessoas –, com um amplo programa de mais de 250 mil horas de treinamento.”

Com a produção dos novos motores e transmissões, a fábrica de Taubaté recebeu a instalação de 30 robôs e uso da tecnologia de rastreamento QR Code na linha de motores, além de 19 robôs e solda a laser na unidade de transmissões. Além disso, 100% dos equipamentos são conectados via wifi para monitoramento online da produção, qualidade e manutenção. A unidade ainda possui a flexibilidade da produção de motores três e quatro cilindros na mesma linha.

O motor 1.5 Ti-VCT Flex de três cilindros tem potência de 137/130 cv e torque de 158/153 (com etanol/gasolina). Usando bloco de alumínio e tecnologias avançadas, como duplo comando de válvulas e correia imersa em óleo, também é mais econômico no consumo de combustível, com classificação A no Inmetro/Conpet.

A nova transmissão manual MX65 de cinco velocidades pesa 8 kg a menos que a transmissão IB5 e possui um design mais enxuto. Além do Brasil, é fabricada também na França e na Índia.

Taubaté

A fábrica tem recebido constantes investimentos em novas tecnologias, aquisição de equipamentos e treinamento de pessoal e hoje soma uma produção total de cerca de 8 milhões de motores e 7 milhões de transmissões.

Comentários