20dezembro2


Do Fundo do Baú - da redação

Citroën traz poucas novidades ao Salão do Automóvel, mas promete um lançamento por ano

Além da reestilização da linha C4 Picasso, as demais atrações são conceitos e modelos que não serão vendidos.

O estande da Citroën no Salão de São Paulo, que abre para o público de 10 a 20 de novembro, deve ter poucas novidades. O principal lançamento prático é a reestilização do C4 Picasso e do C4 Grand Picasso, no começo de 2017. Pouco mais de 1 ano depois da estreia por aqui, eles ganham atualização. Com pequenas mudanças, o C4 Picasso teve o preço elevado de R$ 110.900 para R$ 118.900. Já o Grand Picasso ficou estável em R$ 128.900. Apesar dos poucos lançamentos, a gama da marca francesa deve aumentar nos próximos anos. Linda Jackson, CEO mundial da Citroën, afirma que o objetivo é lançar pelo menos uma novidade por ano em cada região, seja veículo inédito ou reestilizado. "Serão de 10 a 13 novos modelos no mundo até 2021. É claro que alguns deles no Brasil. Começamos esse plano há 2 anos, quando assumi meu cargo, mas leva um tempo para essa engrenagem começar a rodar, então temos que ter um pouco de paciência". Estilo e conforto serão prioridades para a montadora. "Acho que perdemos o caminho quando tentamos copiar o que os outros estavam fazendo. Agora vamos nos concentrar em design e conforto. Com isto, teremos a diferenciação necessária para reconquistar o mercado", afirmou Linda.

comentários
Avaliar:

Comentários