Loja do Mecânico 960x90


Administrar uma oficina é fácil e dá lucro - Fábio Moraes

Administrar uma oficina é simples e dá lucro

Nos meus 25 anos de setor automotivo, acompanhando de perto muitas oficinas mecânicas, centros automotivos, elétricas, funilaria e pintura, entre outros, várias regiões do país consegui aprender muito

Nos meus 25 anos de setor automotivo, acompanhando de perto muitas oficinas mecânicas, centros automotivos, elétricas, funilaria e pintura, entre outros, várias regiões do país consegui aprender muito. 

Vi, na prática, o que fazer para uma oficina não dar nenhum lucro e também como fazer para uma oficina dar dinheiro para o proprietário no final do mês. 

Estamos juntos com o JOB (Jornal Oficina Brasil), iniciando este “blog”, onde publicaremos duas vezes por semana conteúdos novos (sempre às terças e quintas). Serão textos curtos e sequenciais com o principal objetivo de fazer sua oficina se encaixar naquelas que vi os proprietários ganharem dinheiro 

no final do mês. O resultado de sua oficina está ligado à administração dela, por isso queremos dar para todos os que acompanharem este blog informações importantes para que ajustem o rumo da oficina, façam ela dar lucro e que o dinheiro que hoje pode estar faltando comece a aparecer.

Como os blogs serão sequenciais sempre releia os anteriores, pois em cada um falaremos de uma ferramenta diferente ou de uma postura diferente que é necessária e vai trazer resultados imediatos no dia a dia de sua oficina. Trabalhar com oficinas está no nosso sangue, portanto nunca iremos trabalhar com outro segmento. Porém está nas mãos do dono da oficina dizer para onde ela vai caminhar e que rumo ela deve seguir. Nossa intenção é, com o blog, nortear o caminho de cada oficina, para que, depois de um determinado período, cada uma esteja colhendo resultados práticos aumentando a passagem de carros, diminuindo os retornos dos serviços e a rotatividade de funcionários e principalmente fechando o mês no “azul”.

Falaremos toda terça e quinta sobre estoque, fluxo de caixa, nota fiscal, salários de funcionários, férias, como fazer a previsão do 13º salário, movimento de caixa, entre outros, mas também falaremos de organização do pátio da oficina, sequência de serviços na oficina, comissão (se vale a pena pagar ou não), ferramentas (quais devemos ter, quanto custa e como manter organizadas), manutenção dos equipamentos (compressor, elevadores, mesa de alinhamento, cabine de pintura, linha de ar, entre outros) e abrangeremos a relação de sua oficina com os fornecedores, parceiros e clientes. Todas estas informações eu chamo de indicadores. Números que precisamos entender e transformá-los em gestão, ou seja, transformar estes números, após entendê-los num plano de ação para melhorar a forma de administrar a oficina e tudo o que gira em volta dela.

Temos muito para conversar e muitas experiências para trocar.

Reforçando que publicaremos material novo todas as terças e quintas, até lá.

 

Sobre o autor

Fábio Moraes
CEO da empresa Ultracar, com 25 anos de experiência em gestão e administração de oficinas. Matemático, Analista de sistema e Administrador de empresas. Auditor do IQA, (Instituto de Qualidade Automotiva), consultor do IAA e consultor de várias oficinas do Brasil. Viajou o Brasil inteiro no ano de 2016 ministrando palestra com o tema “Oficina dá dinheiro, mas tem que administrar”
www.ultracar.com.br/blog

comentários
Avaliar:

Comentários