Técnicas - Pedro Luiz Scopino scopino@automecanicascopino.com.br

Aula 4: Como calcular a disponibilidade de hora trabalhada e ociosa do produtivo

Vimos na matéria anterior como ocorre a contratação do colaborador, trazendo o conceito de horas “compradas”. Mas depois de ser contratado e comprada estas “horas” devemos medir esta eficiência de venda

Agora será que há muitos produtivos ou poucos? Há muito ou pouco serviço nesta empresa de reparação? Como posso diminuir ou até mesmo eliminar as horas de produtivos parados na oficina?

Com agendamento os boxes sempre estarão ocupados
Veremos agora como calcular a disponibilidade dentro da legislação e como eliminar um sério problema nos prestadores de serviços: A ociosidade!

Em primeiro lugar, o que diz a legislação:

44 horas semanais segundo o artigo 59, § 2º CLT e não importa se trabalha de segunda à sexta ou de segunda à sábado, deve-se cumprir as 44 horas semanais, mas sempre respeitando as definições de convenções ou acordos coletivos com o sindicato da categoria.

Cartão de ponto e horário de trabalho
Assim, em uma normalidade de dias úteis no mês, para quem trabalha de segunda a sexta-feira ou de segunda a sábado, trabalha 176 horas por mês (44h semanais X 4 semanas em média – há pequena variação quando há cinco finais de semana no mês, ou feriados, ou menos dias úteis).

Dentro deste total de horas “compradas” do produtivo, especialistas consideram uma perda aceitável de até 20% com manobras, espera de alguma peça não programada, organização de ferramentas, um parafuso que teve a rosca danificada, aprovação do orçamento ou um parafuso que quebrou, etc.

Exemplo de bônus por meta de horas vendidas
Logo teremos 176 horas - 20% = 140 horas.

Este é o número ideal de horas vendidas por produtivo com alta eficiência e uma empresa bem planejada! É difícil atingir este número ou chegar perto dele? Claro que é, mesmo porque é muito difícil ter 100% do tempo do produtivo sendo utilizado, ou melhor, sendo “vendido corretamente”, também é difícil ter um movimento contínuo nas oficinas de reparação, e para fechar também é difícil em oficinas multimarcas ou multisserviços saber como desmontar cada veículo ou mesmo fazer seu correto e rápido diagnóstico!

Como atingir estes números:

• programação de serviços

• treinamento

• ferramentas

• motivação (que pode ser através de metas de horas vendidas ou comissão)

Será que há muitos produtivos ou pouco serviço?

Este cálculo é simples, desde que se tenha definido em um organograma da empresa quem e quantos são os produtivos, e então poderemos calcular quantas horas/mês se tem para “vender”.

A hora da calculadora - Com esta base de informações, agora você tem condições de dimensionar sua equipe pelo seu movimento e quantidade de produtivos (reparadores).

A hora ociosa de mão de obra - Deve-se ter muito cuidado e atenção, pois a mão de obra não utilizada se fosse considerada um produto, seria o mais perecível possível! 

Isso mesmo, uma fruta pode durar uma semana, um yogurte um mês, um refrigerante um semestre, a mão de obra = zero minuto!

Quadro simples de agendamento de serviços
Podemos citar duas formas de minimizar a hora ociosa dos produtivos:

• ter um espaço na oficina para veículos em que o cliente não tem pressa (desde que você tenha espaço e controle este tempo utilizado nestes veículos)

• vender, mesmo com desconto, esta “hora ociosa” para locadoras, agências e lojistas de carros (é melhor vender a hora ociosa com desconto a perder ela 100%).

Mas se mesmo assim há hora ociosa na oficina, é uma indicação de que há produtivo sobrando ou movimento de serviços inadequado.

Calculando quantas horas disponíveis a empresa tem com seus produtivos.

Na oficina há 4 reparadores, portanto esta empresa tem 4 X 140h = 560 horas para serem vendidas por mês.

Assim temos alguns números importantes, neste exemplo com 4 produtivos:

• temos 560 horas de mão de obra para vender por mês

• por dia tenho em média 25,4 horas por dia (560h : 22 dias)

• tenho com 4 produtivos 6,3 horas por dia para vender (25,4 :4) e na média o produtivo está disponível cerca de 8,8 horas diárias.

Guarde bem estes números, pois serão fundamentais para o cálculo do custo da hora de mão de obra que veremos até o final das matérias nesta coluna no Jornal Oficina Brasil!


Objetivo FinalValor de Venda da Hora de Mão de obra

Aula 5Margem de Lucro

Aula 6Valor Hora de Venda

 

Abraços a todos, até o próximo mês e $UCE$$O!

 

comentários
Avaliar:

Comentários