Rota do reparador - Vinícius Montoia

Ciclo de treinamentos do Rota do Reparador amplia sua jornada pelo Brasil, com palestras em Brasília, Marília, Jandira, Salvador, Porto Alegre, Blumenau, Fortaleza, Jundiaí, Santos e mais 6 cidades

Programa de atualização técnica e tecnológica do Sindirepa Nacional em parceria com o Senai avança em novas praças e se consolida como o único programa oficial do mercado de reparação, acumulando marcas impressionantes de público participante.

O Rota do Reparador prosseguiu sua caminhada pelo Brasil, dando continuidade ao ciclo de palestras com as Escolas Senai. Confira como foram as palestras da Nakata, Mann Hummel, Chiptronic, Delphi, Schaeffler, Elring, Tecnomotor e Shell:

BRASÍLIA

O treinamento na Capital Federal aconteceu no dia primeiro de agosto e contou com as marcas Elring e Tecnomotor. O reparador Edson Luiz Bernardes, proprietário da Edson Auto Mecânica, afirmou que foi muito importante participar da palestra: “somente através delas nós adquirimos conhecimento atualmente, precisamos cada vez mais desse tipo de treinamento. Por isso sempre estarei presente nas próximas edições. E também gostaria de sugerir uma palestra sobre manutenção de equipamentos que utilizamos na oficinas, não só como aplicar esse equipamentos nos veículos.
SENAI Brasília

Geraldo Pereira, da G Auto Veículo Serviços Mecânica e Elétrica, participou do evento e aprovou: “melhorei meu conhecimento tanto na parte técnica quando para manuseio dos equipamentos, é importante para aprimorar os nossos serviços. Fiquei muito satisfeito e agradeço pela oportunidade que tive.”

MARÍLIA

No dia 3 de agosto aconteceu o treinamento na cidade de Marília, no interior de São Paulo. Contando com palestras das fabricantes Nakata e Mann Hummel, na Escola Senai José Polizotto, o ciclo de palestras teve a presença de mais de 100 reparadores. Um deles foi José Edson, do Centro Automotivo Jahu Som, que falou: “tivemos uma boa explicação sobre filtros. Eu já conheço as fabricantes, Nakata e Mann Hummel, e trabalho com elas. Sempre participarei, prestigiarei o Rota sempre que estiver na minha cidade.”

SENAI Marília

Luis Felipe, da Auto Mecânica Nossa Senhora Aparecida, contou que conhecimento nunca é demais: “esses eventos faziam falta aqui na região, mas agora temos o Rota do Reparador. Fiquei bastante satisfeito e trabalho com essas marcas diariamente. Eu gostaria de ver mais palestras como essas, com novas tecnologias de motor, sistema Start&Stop, por exemplo”, sugeriu o reparador.

O profissional Marcos Antonio de Oliveira, da oficina Sdavik Serviços e Peças, resumiu: “muitas dúvidas sobre filtros e suspensão foram sanadas.”
jandira

Também na noite de 3 de agosto o Senai Professor Vicente Amato recebeu o ciclo de palestras da Rota do Reparador. O conteúdo ministrado foi das marcas Chiptronic e Delphi. O reparador André Luis Godoy contou: “com certeza estarei aqui nas próximas palestras, pois venho de uma região que é carente de palestras e cursos. Falta um pouco de interesse de alguns colegas de profissão pela busca de eventos como este. Aproveitei bastante e gostei muito das palestras da Delphi, que já conhecia, e Chiptronic. Acredito que o tempo teria que ser maior para podermos tirar mais dúvidas”, sugeriu Godoy.
Jean César Ozório, da JM Mecânica, disse que o evento ajudou a agregar bastante conhecimento: “somou bastante, pois esse tipo de treinamento faz falta e não temos com tanta frequência. Não adianta nada ter uma boa ferramenta nas mãos e não ter o conhecimento adequado para utilizá-la. Então hoje eu aprendi muita coisa.”

O reparador José Geraldo dos Santos, da Mecânica Tavarez, contou: “a maioria dos profissionais do aftermarket precisa de conteúdos como este, informação atualizada é sempre importante.”

Júnior Honório Ruzza, da MRC Mecânica e Autopeça, ainda não trabalha na área mas compareceu ao evento para se preparar: “como quero seguir nesse ramo, já estou acompanhando palestras para poder ficar ainda mais atualizado sobre as ferramentas do mercado. Quanto mais eventos como este existirem, melhores serviços poderemos prestar para os clientes.”
 Mauro Rodrigues da Silva ressaltou: “muitos cursos à distância, via internet, não nos proporcionam esse contato direto com a montadora. A chance de poder tirar dúvidas com os instrutores é muito bom. Além disso, podemos tirar dúvidas sobre os equipamentos. Um deles eu tenho interesse, pois quero adquirir para a minha oficina, e agora já sei qual vai ser o melhor custo-benefício.”

O palestrande Pedro Valêncio, da Delphi Automotive System, contou: “aqui nós temos a oportunidade de mostrar os nossos produtos para os reparadores da região. Além disso, tentamos transmitir que a busca por conhecimento traz ainda mais eficiência para o trabalho que eles executam.”

SALVADOR

No dia 8 de agosto foi a vez do Senai Salvador, na capital baiana, receber o Rota. A palestra ministrada pela Shell foi sobre o lubrificante Helix. De acordo com o reparador Hamilton José Teixeira, ele continuará participando das edições do Rota com cada vez mais amigos: “gostei muito, pois foi ótima oportunidade para aprender mais sobre óleos e combustíveis. Foi tão bom que eu trouxe amigos e nas próximas vezes trarei ainda mais convidados. Utilizarei o conhecimento adquirido hoje e transmitirei para outros colegas que não puderam comparecer.”

SENAI Salvador

Odim Joaquim de Amorim Júnior afirmou: “o conhecimento, hoje, é fundamental para todos e muito importante para o nosso dia a dia. Com certeza vou indicar para outros reparadores este treinamento.”

O profissional Raimundo Figueiredo destacou a qualidade: “é incrível a qualidade de produção desse óleo lubrificante, o Helix.

É bom participar deste evento porque tivemos muitas informações, partes técnicas ilustrativas e a segunda palestra foi muito divertida.”

PORTO ALEGRE

A palestra na capital do Rio Grande do Sul aconteceu no dia 8 de agosto com a marca LUK da Schaeffler. A profissional Ariane Nunes, da MI Centro Automotivo, argumentou: “o mercado se atualiza o tempo todo, por isso precisamos estar atentos. Essas palestras ajudam a quem não tem acesso a um curso técnico, por exemplo, a ficar informado para acompanhar a evolução dos veículos e parte comercial também.”

SENAI Porto Alegre

O reparador Julio César Dias ficou bastante satisfeito: “certamente estarei aqui nas próximas edições porque o conteúdo foi muito bom! Quanto mais palestras tivermos, mais experiência ganharemos. O Rota do Reparador está no caminho certo.”
Leonel Duarte Gomes, da Tecnifreios e ganhador do tablet desta edição do Rota do Reparador, contou: “o evento foi muito importante porque a tecnologia é cada vez mais de ponta, e precisamos estar alinhados com essas tecnologias. Eu sou o mentor da oficina que traz os colegas para os eventos, é ótimo!”

Matheus Silva, da Mecânica Mauro, certamenta comparecerá aos próximos eventos por um motivo: “fiquei muito satisfeito com as inovações apresentadas, dicas para evitar erros corriqueiros e mostrar que sempre precisamos ter cuidado ao aplicar qualquer peça.”

O profissional Paulo Sérgio Marchioro contou que no Sul do país ainda falta informação: “aqui está muito difícil e caro para conseguir esse tipo de treinamento. Estou fazendo faculdade, mas faltei lá no meu curso para poder vir ao Rota do Reparador. Todos os manuais e apostilas nós temos que trazer de outros estados, gerando ainda mais dificuldade para nós de Porto Alegre.”

O palestrante André Luis, da Schaeffler do Brasil, falou: “esse contato com o aplicador é fundamental, pois ele é nosso principal cliente. A manutenção, hoje em dia, é a junção da informação correta com a ferramenta adequada.”

BLUMENAU

Também no sul, na noite de 10 de junho, a cidade de Blumenau recebeu o Rota do Reparador com treinamento da Schaeffler, com as marcas INA e FAG.

SENAI Blumenau

O profissional da R3 Manutenção Automotiva, Everton Luis Pereira, deixou claro que as dicas fazem a diferença: “no dia a dia esse tipo de conhecimento é fundamental. Fiquei muito contente com as informações passadas, principalmente porque algumas eu não tinha nenhuma noção.”

FORTALEZA

No dia 17 de agosto aconteceu, na capital cearense, a palestra da Elring para os reparadores que compareceram à Escola Senai Mucuripe.

SENAI Fortaleza

O profissional Ivan Dias, da GêmeosCar Centro Automotivo, contou: “quanto mais informações tivermos para aumentar a qualidade dos serviços prestados para os nossos clientes, melhor. Muitas vezes temos que correr para não ficar para trás nessa corrida da tecnologia que o mercado está apresentando, por isso estarei nas próximas edições do Rota do Reparador, pois sem ele fica quase impossível de avançar. Informações sobre motores de três cilindros, por exemplo, ainda são muito escassas.”

Sérgio Murilo, da oficina JCL, ficou satisfeito: “adquirimos muita experiência para lidar com juntas. Aqui em Fortaleza temos poucos treinamentos. E a empresa que veio tem muito nome no mercado. Com as informações transmitidas, com certeza a imagem da Elring vai ficar ainda melhor com os reparadores independentes.”

JUNDIAÍ

O evento na cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo, aconteceu no dia 17 de agosto e teve o treinamento da Mann-Hummel e da Nakata. O reparador Alex Linhares, da AML Serviços Automotivos, contou: “nós não temos disponibilidade de participar de cursos em outros horários. À noite, depois que fechamos a oficina, é ótimo ter um treinamento, pois conseguimos trabalhar e estudar no mesmo dia. Só achei que o tempo foi curto para as duas marcas.”

SENAI Jundiaí

Bruno Ferreira, também profissional da reparação automotiva, afirmou que a partir desses treinamentos os reparadores conseguem melhorar o trabalho na oficina: “nunca tinha visto palestras como estas, foi ótimo. Seria interessante que o tempo fosse dedicado para apenas uma marca, pois eles têm muita coisa para passar e acredito que não deu tempo.”

O profissional Bruno Santos Ribeiro resumiu: “é sempre ótimo participar de palestras, pois adquirimos mais conhecimentos, novas tecnologias, novos conceitos que são importantes para o dia a dia na oficina independente. É uma pena que o tempo foi curto, mas gostei muito do conteúdo.”

O palestrante da Nakata, Aelson Rios, destacou: “essa oportunidade única de divulgar a nossa marca e tirar dúvida dos aplicadores é fundamental para transmitir a confiança no nosso produto e na empresa. Os cuidados na instalação, para evitar desgaste prematuros e garantir maior vida útil ao produto são as principais dicas que procuramos passar para os profissionais das oficinas.”

O instrutor Joel Reis, da Mann-Hummel, elogiou a escolha do local onde são realizados os eventos do Rota do Reparador: “para nós é muito importante fazer um treinamento aqui no Senai, pois aqui é a base de ensino e conseguimos mostrar qual é a proposta da Mann-Hummel, a partir das marcas Mann-Filter e Wix, de onde viemos, para onde vamos e a qualidade dos nossos produtos. Precisamos mostrar o quanto é importante fazer a manutenção preventiva e estudar bastante para que faça isso bem-feito.”

SANTOS

A cidade praiana de Santos, em São Paulo, recebeu o Rota do Reparador no dia 17  de agosto com treinamento da Delphi e Chiptronic. O profissional da SOS Atlântica, Julio de Melo, resumiu: “foi muito esclarecer e um começo para poder entender novas áreas. Para nós, de Mongaguá, fazia muita falta esse tipo de treinamento. E gostaria de ver mais treinamentos sobre a parte eletrônica dos carros e também de módulos.”

Rodrigo Sanches, da Office Car Centro Automotivo, contou: “entrei nesse ramo há pouco tempo, fiz cursos no Senai e hoje tive ainda mais informações. Eu avisei um amigo meu, que trabalha comigo na oficina, que aconteceria o Rota do Reparador, mas ele não conseguiu comparecer. Agora vou levar as dicas daqui para ele. Conheço as marcas e agora vou passar a trabalhar ainda mais com elas.”

O reparador Ronaldo Tadashi, da RTM Mecânica, aproveitou ao máximo a palestra: “gostei de todas as dicas passadas e já sei como resolver o problema de um cliente, pois a dica do palestrante da Delphi tocou bem no defeito que tenho para solucionar na minha oficina.”

MANAUS

A Tecnomotor e Elring ministraram palestra no dia 22 de agosto no Senai de Manaus, capital do Amazonas. O reparador Jorge Baia, da Garagem Autocar, afirmou: “foi muito importante participar do Rota do Reparador porque adquiri informações técnicas de um produto que é difícil de obter informações, como os scanners. Conheço os equipamentos que ajudam muito no diagnóstico e é extremamente importante ter o material deles para poder trabalhar melhor.”

O profissional da reparação independente Odlanir Tassinari, da Cobra Autopeças, contou: “conhecer novos produtos e informações técnicas faz falta aqui em Manaus. Seria ótimo ter isso pelo menos duas vezes por ano pelo menos.”
Wanderlúcio Costa Campos, do Centro Automotivo Platinado, comentou: “foi importante demais vir ao Rota do Reparador por trazer conhecimento e novidades. Já trabalho com as marcas que estiveram presentes.”

RIO DE JANEIRO

O ciclo de palestras continuou sua jornada pelo sudeste do país passando pelo Rio de Janeiro, na cidade maravilhosa. Lá os reparadores puderam conferir a palestra da Schaeffler com a marca LUK. O palestrante André Bonelly comentou sobre a oportunidade: “para nós como empresa é muito importante e gratificante estar perto daqueles profissionais que usam nossos produtos no dia-a-dia. É uma oportunidade de estreitar essa relação e tentar contribuir de alguma forma para que o trabalho deles seja realizado de uma forma melhor. A gente procura estar passando o máximo de informações possíveis em cima das dificuldades que eles (os reparadores independentes) encontram no dia-a-dia. As mudanças tecnológicas acontecem frequentemente em nossos produtos, então é também uma forma de manter esse público sempre atualizado”.

SENAI Rio de Janeiro

O reparador Anderson Oliveira da Silva, da JA Show Car, afirmou: “foi muito bom participar dessa edição do Rota do Reparador, abrindo a mente para as novidades. Nossa classe precisa estar sempre atualizada de acordo com o mercado, por isso, eventos como esse fazem muita falta.”

José Mauro Pereira Diniz, da Bid Car, contou: “a importância desse evento é levar sempre mais conhecimentos daqui para o nosso dia-a-dia, diretamente da teoria para a prática, na oficina.”

O profissional da oficina NS Oliveira, Nemilson da Silva Oliveira, resumiu: “posso classificar esse evento como muito importante para o reparador, pois muitas informações que não sabemos aprendemos aqui.”

TAUBATÉ

As marcas Mann-Hummel e Nakata estiveram presentes na palestra do dia 24 de agosto em Taubaté, no interior paulista. Paulo Ribeiro Amaral, proprietário da oficina Auto Mecânica Paulo Amaral, declarou: “o Rota do Reparador traz sempre novidades e muitas coisas que a gente ainda não entende, apesar do tempo de experiência. Graças a vocês estamos tendo a oportunidade de adquirir mais conhecimento acerca da manutenção no geral. É um tipo de evento que faz muita falta. Essa é a terceira vez que participo e vou continuar participando.”

SENAI Taubaté

Rodrigo dos Santos Vieira, da Franguinho Centro Automotivo, falou: “foi muito importante participar dessa edição do Rota para se atualizar, sempre estar ciente das novidades no mercado, obter informação e saber o que as empresas que se apresentaram oferecem para o mercado, o que é muito importante.”

GOIÂNIA

O evento na capital de Goiás aconteceu no dia 29 de agosto e teve palestra da Shell. O profissional Fernando de Souza Silva, da Auto Mecânica Fernandes, cometou: “gostei bastante do treinamento da Shell Helix. Muito bem aproveitado, muitas novidades e o palestrante é muito bom. Aprendi muita coisa com a palestra de combustíveis, tiveram muitas novidades, assim como a palestra de lubrificantes.”

Jorge Antônio, da Executive Centro Automotivo, resumiu: “o treinamento de hoje trouxe muitas novidades e conhecimentos, sem dúvidas recomendaria para meus colegas. A palestra foi bem explicada, bem detalhada, falando da importância do óleo e também do combustível. Todo dia estamos aprendendo e são palestras assim que nos fazem melhorar nossos conceitos.”

O reparador Marco Antônio, da Auto Car, disse: “a Shell apresentou um produto muito bom, de tecnologia muito avançada, algo novo no mercado. Os palestrantes são muito bons, com bastante informações novas.”

Matheus Silva Lopes, também da Auto Car, corroborou a opinião do colega: “o Marcelo administrou muito bem a palestra, foi um treinamento muito intuitivo. Acrescentou bastante no nosso currículo, tanto em óleo lubrificante como combustível, para podermos levar um melhor produto para o cliente. Com a atualização dos motores, precisamos de um cartel bem amplo, é desse tipo de palestra que estamos precisando.”

comentários
Avaliar:

Comentários