Rota do reparador - Da Redação

Ciclo de palestras do Rota do Reparador ganha novos parceiros e amplia sua jornada pelo Brasil

Escolas dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul receberam reparadores para as palestras das marcas Elring, INA, FAG, LUK e Chiptronic. Os reparadores puderam interagir com os palestrantes e tirar dúvidas

O Rota do Reparador prosseguiu sua caminhada, dando continuidade à segunda etapa do ciclo de palestras com as Escolas Senai de Limeira (SP), Ribeirão preto (SP), Boa Vista (RR), Araraquara (SP), Presidente Prudente (SP), e nos bairros Ipiranga (SP) e Vila Leopoldina, na cidade de São Paulo. Confira como foram as palestras da Sun, Schaeffler, Elring e Chiptronic:

Limeira

A palestra de Limeira, cidade no interior de São Paulo, aconteceu no dia 9 de março na Escola Senai Luiz Varga e contou com as fabricantes Elring e Delphi. A Elring ministrou palestra sobre “Tecnologia em vedação” e a Delphi apresentou o tema “Tecnologia em Injeção Eletrônica”.

O reparador Cleiton Luiz Ave afirmou: “aprendi muitas informações novas hoje, pois esses eventos faziam falta aqui na região. E a maioria não tem tempo de buscar conhecimento por conta dos compromissos na oficina. Então quando o Rota do Reparador vem até a nossa cidade, sempre aproveitamos as palestras. E para mim o tema “transmissão”, tanto mecânica quanto automatizada, seria ótimo para os próximos treinamentos.”

O profissional João Batista Rodrigues, da Oficina Agrícola São João, contou que foi extremamente importante participar do Rota do Reparador: “mesmo tendo muito reparador aqui, ainda temos pouca informação aqui na região. E o ciclo de palestras vem para nos dar um alento. Eu trabalho e conheço essas marcas. Ter palestras delas é importante para complementar as minhas ações na oficina. E eu gostaria de ver mais informações sobre motores diesel.”

Ribeirão Preto

A palestra realizada no dia 9 de março no interior de São Paulo, na Escola Senai da cidade, contou com palestras da Mann Hummel e Chiptronic, que ministraram palestras sobre “Tecnologia em Filtragem: Sistemas do Ar, Óleo, Combustível e Ar-condicionado” e “Tendências em Eletrônica Automotiva Avançada”, respectivamente. André Gonçalves, que é palestrante da Mann Hummel, afirmou: “aqui nessa palestra eu represento as marcas Mann-Filter e Mann-Wix. “Esse é um projeto que estávamos planejanto há muito tempo, pois ele proporciona o contato com um público que é de difícil acesso, os reparadores independentes. Isso porque eles têm agenda limitada, mas essa parceria está dando certo com esse primeiro treinamento. A ideia é sempre apresentar os produtos, novas tecnologias, o diferencial da Mann-Filter e o tra

balho que realizamos para fazer um produto melhor. Além disso, os questionamentos dos reparadores enriquece a produção dos nossos filtros. Fiquei muito impressionado com a organização do evento e mesmo que aparentemente apresentemos um tema simples, que é filtro, surgiram muitas dúvidas no final da explicação. Ou seja, é algo que ainda gera dúvida nos profissionais do aftermarket”, concluiu André Gonçalves, instrutor da Mann-Filter.

O palestrante Bruno Reis, da Chiptronic, afirmou que o Rota do Reparador é um grande laboratório para as fabricantes: “é muito importante para verificarmos a satisfação dos reparadores com os nossos produtos, recebermos sugestões de desenvolvimento e sanar as necessidades do mercado. A divulgação da nossa empresa também é importante, além de ver a satisfação dos profissionais com as informações transmitidas. É bom ver como nós palestrantes somos recepcionados e a vontade de aprender no olhar desses reparadores é muito gratificante. Foram aproximadamente 170 pessoas nesta noite de treinamento e eu espero ter contribuído para a evolução delas.”

O reparador Fernando Guiroto, da oficina MJJ, contou: “nós temos que ter sempre esse tipo de conteúdo, foi tudo excelente! Eu gostaria de ver outra palestra, mas com o tema de injeção e motores”, sugeriu.

José Roberto Calori, da Automecânica Calori, confirmou: “eventos destes faziam falta, agora o rota supriu essa necessidade. Fiquei muito satisfeito, foi muito bem explicado. E eu gostaria de ver conteúdos de montadoras, como Ford, Chevrolet e Volkswagen e temos como injeção e ar-condicionado. Ou seja, mais empresas para nos passar informações.”

Valdeci de Araújo, que ganhou o Tablet do Rota do Reparador através de sorteio após o evento, contou que ficou muito contente com o conteúdo apresentado: fiquei muito satisfeito e, por estar começando na carreira, me ajudou muito tudo o que vi.”

Boa Vista

O treinamento do Rota do Reparador feito em Boa Vista, no bairro de Nova Canaã, em Roraima, aconteceu no dia 16 de março e teve palestra da Elring, Tecnologia em Vedação.

O reparador Daniel Silva, da Rede Car, afirmou: “foi ótimo participar desta edição, pois eles fazem muita falta para nós profissionais do aftermarket. Achei tudo muito didático e a aprendizagem foi bastante grande. Com certeza retornarei para acompanhar mais treinamentos.”

O profissional Joaquim Pedro de Souza, da Automecânica Souza, contou: “nós conhecemos o Jornal Oficina Brasil e o Rota do Reparador só vem para sedimentar o trabalho de divulgação de informações que a publicação nos apresenta há muitos anos. Foi muito rico em conhecimento, pois esse tipo de treinamento faz muita falta aqui no norte do país. E com a evolução dos carro e tecnologia embarcada, é necessário que nós reparadores estejamos sempre atualizados.”

Ramon Leonardo, da Automecânica Macapá, declarou: “Estou iniciando na profissão, estou nela há apenas cinco anos, e esses cursos fazem muita falta. Contudo, o Rota do Reparador veio para suprir as nossas necessidades. Foi muito bom participar deste treinamento e estarei aqui nas próximas. Fiquei surpreso, pois eles afirmaram que 70% da linha automotiva tem produto Elring. Isso é muito importante para os profissionais da reparação independente”, finalizou.

Araraquara

No dia 23 de março foi a vez do escola Senai Henrique Luporeceber o ciclo de palestras do Rota do Reparador, que contou com palestra da Chiptronic (“Tendências em Eletrônica Automotiva Avançada) e Delphi (“Tecnologia em Injeção Eletrônica).

O reparador Bruno Rogério da Silva, da oficina de empresa de ônibus Viação Parati, afirmou: “sentia muita falta dessas palestras, mas o Rota do Reparador veio para sanar as nossas dúvidas e informações sobre técnicas de reparação.”

O instrutor Bruno Reis, da Chiptronic, contou: “trouxemos o lançamento de novas máquinas e já fazemos o convite para que os reparadores possam nos visitar na Automec, feira na qual teremos muito mais novidades.”

O reparador Flávio Augusto, da Oficina Mecânica Mão na Roda, disse que está começando na carreira: “o ciclo de palestras ajudou muito, porque estou no início da profissão. Fiquei muito satisfeito e para nós, como tenho percebido, é muito importante a constante atualização.”

O instrutor Pedro José, da Delphi, afirmou que além de mostrar a qualidade dos produtos, consegue ajudar os reparadores na hora de melhorar a qualidade do serviço: “o grande objetivo é mostrar que a busca por conhecimento vai trazer o aperfeiçoamento da mão-de-obra deles.”

O profissional Ricardo Henrique, da Mecânica Criste, contou que na região fazia falta esse tipo de palestra: “fiquei muito feliz com a vinda do Rota do Reparador. Eu gostaria de receber mais informações sobre diesel”, sugeriu.

Presidente Prudente

Na noite de 23 de março foi a vez de a Escola Senai Santo Paschoal Crepaldi receber os treinamentos das marcas Mann Hummel, com o tema “Tecnoloia em Filtragem: Sistemas de Ar, Óleo, Combustível e Ar-condicionado” e Nakata, com “Tecnologia em Suspensão.”

O reparador Celio Itikawa, da Grand Prix Automecânica, contou: “é muito importante participar do Rota por conta do aperfeiçoamento técnico que ele nos proporciona, principalmente para quem deve encarar o dia a dia das oficinas. É muito importante essa parceria com as fabricantes e com certeza estarei aqui nas próximas edições, o conteúdo foi ótimo!”

O profissional Victor Fonseca, da Heliauto Mecânica e Elétrica, aproveitou bastante a instrução: “eles nos ensinam a trabalhar melhor, a conhecer melhor as peças, ferramentas e métodos de instalação. Além, obviamente, de conhecer as novas tecnologias presentes no mercado”, disse. “A maior dificuldade que temos é a falta de peças aqui na nossa região, a variedade é pequena nas lojas, principalmente de veículos importados e franceses”, alertou Fonseca.

Vitor Augusto Gomes Furtado, da Automecânica ServCar, contou: “essas palestras agregam muito valor de conhecimento técnico. Houve uma época que havia muitas palestras, depois diminuiu. Agora o Rota do Reparador é a nossa esperança de que os conhecimentos técnicos, principalmente das fabricantes, voltem a ser ministrados para nós, reparadores independentes.”

 Ipiranga

No dia 30 de março foi a vez do Senai Conde José Vicente de Azevedo receber o Rota do Reparador com treinamento da Nakata, seguindo o tema “Tecnologia em Suspensão.” O profissional Manoel Gilvano, da oficina Quatro Rodas Reparos Automotivos, afirmou: “todos deveriam buscar esse tipo de conhecimento para fornecer melhores trabalhos para os clientes. Por isso estarei sempre presente nas próximas edições, principalmente porque recomendamos a maioria das marcas do Rota para os nossos clientes.”

Rafael Cordeiro, da Carburelli Afinação de Motores, contou: “esses eventos ajudam muito no dia a dia da oficina! Fiquei muito satisfeito com o conteúdo e gostaria de ver uma palestra sobre injeção eletrônica”, sugeriu.

Já o reparador da ACR Mecânica, Rogério Batista Pereira, achou que a carreira deu um salto após o Rota do Reparador: “todas as informações que buscamos são muito importantes. Quando isso chega de maneira fácil, como o ciclo de palestras nos proporciona, é quase que uma obrigação participar!”

Vila Leopoldina

Também no dia 30 de março o Senai Mariano Ferraz, da Vila Lepoldina em São Paulo, apresentou as palestras das marcas Chiptronic (“Tendências em Eletrônica Automotiva Avançada”) e Mann Hummel (“Tecnologia em Filtragem: Sistemas do Ar, Óleo, Combustível e Ar-condicionado).

O instrutor da Mann-Filter, Pedro Ferreira, afirmou que o Rota do Reparador é uma oportunidade única para se aproximar do reparador: “é difícil conseguirmos falar com tantos profissionais ao mesmo tempo. O nosso principal ponto é mostrar dicas técnicas para facilitar a vida dos profissionais que aqui vieram, além de falar sobre as especificações técnicas. Apesar de termos internet hoje em dia, infelizmente ainda não é todo mundo que tem acesso. E essas informações acabam não chegando a quem interessa. Por isso o Rota do Reparador se faz tão importante!”

O profissional de oficina Herman Heisenberg, da Automecânica TecnoHerman, contou: “a divulgação desses conhecimentos é muito bom e precisamos comparecer para incentivar esse tipo de palestra. A reunião dos reparadores, para aprender sobre filtros e módulos, é importante para trocarmos experiências e verificarmos o que estamos fazendo de errado e corrigir.”

Fabiano Aparecido, profissional de eletrônica, aprendeu muito com a Chiptronic: “é importante verificar sempre quais são os novos equipamentos disponíveis no mercado, para poder fazer um trabalho à altura dos meus clientes. Foi tudo muito didático, poderia ter mais tempo para tirarmos dúvidas.”

O reparador da ProSound Tuning, Jonis Avelino, contou: “tive a oportunidade de sanar muitas dúvidas e aprender sobre as novas tecnologias. São as melhores marcas no mercado, foi tudo ótimo! O nível é bastante elevado e o treinamento foi excelente.”

Bruno Reis, que é palestrante da Chiptronic, resumiu: “ao longo do Rota do Reparador nós, como marca, conseguimos conhecer diversos tipos de cliente, desde o que tem informações e os que tem menos conhecimento. Tem sido ótimo para balizarmos os treinamentos e também para mostrarmos aos reparadores sobre as técnicas, produtos e até parte administrativa da oficina.”

comentários
Avaliar:

Comentários