Pitstop - Da Redação

Sistemas de sincronismo do motor da BorgWarner melhoram a eficiência do Renault Kwid no Brasil

Design mais leve, com pouco atrito e menos ruído ajudam a melhorar a economia de combustível

A BorgWarner fornece o sistema de sincronismo do motor para o mais novo compacto da Renault no Brasil, o Kwid 1.0. Projetado para reduzir volume, atrito e ruído, o sistema de sincronismo do motor da Borgwarner – incluindo correntes silenciosas, guias, braços e tensores – suporta aplicações que exigem alta durabilidade, eficiência do motor e economia de combustível. “Os motores downsizing exigem sistemas de sincronismo de baixo atrito e alta resistência ao desgaste. Cada componente do sistema de sincronismo do motor da BorgWarner foi projetado para melhorar a eficiência e durabilidade”, disse Wilson Lentini, gerente geral da BorgWarner Morse Systems do Brasil. “Estamos satisfeitos por oferecer à Renault produção local dos nossos comprovados componentes de sistema de sincronismo do motor.”

Projetados para veículos leves, as correntes de sincronismo do motor da BorgWarner apresentam elos com acabamento fino de abertura (super finish aperture – SFA) para melhorar o desempenho do desgaste e geometria de corrente otimizada para reduzir o volume. Projetos e processos de fabricação avançados diminuem em até 25% o atrito, resultando em melhor economia de combustível, menos ruído e maior durabilidade. Os tensores, braços e guias da BorgWarner são projetados com materiais especiais para redução de massa e volume visando maior economia de combustível e redução de emissões.

comentários
Avaliar:

Comentários