Pitstop - Da Redação

Ford apresenta caminhão que será destaque na Fenatran

O Cargo Connect, que conta com diversas tecnologias e recursos, será atração da montadora no evento deste mês

1 - Câmera que monitora as fixas na estrada; 2- Uma das câmeras de visão 360 graus; 3- Sensor de aproximação - Crédito: Antônio Gaspar

O 21º salão internacional do transporte rodoviário de cargas, que acontecerá entre 16 e 20 de outubro no São Paulo Expo, terá uma grande atração por parte da Ford. O cargo Connect, veículo desenvolvido pela marca em parceria com outras empresas, irá mostrar no evento o conceito futurista do processo de evolução que os caminhões irão passar antes da chegada do nível máximo de automação, com veículos autônomos.

O Cargo Connect foi apresentado na última sexta-feira (6), em evento promovido pela Ford e chamou muita atenção com suas inovadoras tecnologias de assistência ao motorista e conectividade. Se tratando do segmento da linha pesada, é de fato, um grande avanço.

O caminhão tem como base um modelo protótipo do Cargo 8x2, com transmissão automatizada. Ele conta ainda com recursos avançados de segurança, como sistema autônomo de frenagem, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, piloto automático adaptativo, alerta de fadiga e monitoramento de 360 graus do caminhão com câmeras diretamente conectadas a uma central de operações. Tem também soluções voltadas à produtividade, como gerenciamento inteligente de carga, sistema de leitura de placas de trânsito, ajuste automático de torque e potência, sistema de diagnóstico preventivo e um aplicativo que mede o desempenho do motorista. Para a conectividade, oferece uma central multimídia no painel com tela de 7 polegadas.

“O Cargo Connect traz uma visão de caminhão conectado, com tecnologias inteligentes de direção semiautônoma que podem ser lançadas no mercado entre três meses e três anos”, diz João Pimentel, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul. “São soluções já desenvolvidas para outros segmentos de veículos, classificadas como nível 2 de automação, que podem agregar produtividade e segurança antes da chegada dos veículos totalmente autônomos.”

O projeto, segundo o executivo, tem como foco principalmente o segmento de caminhões leves e médios para atender caminhoneiros autônomos e pequenos frotistas, público que é carente de inovações para facilitar o seu dia a dia. O protótipo foi desenvolvido em parceria com a Bosch, a Autotrac, a Cummins e a Eaton, tradicionais fornecedoras de motores e transmissões dos caminhões Ford, além de contar com o apoio do Instituto PARAR.

Sistema autônomo de frenagem de emergência

Também conhecido pelo sigma AEB, o sistema é capaz de evitar ou atenuar consideravelmente o impacto de colisões traseiras, que estão entre os piores acidentes. Por meio de radar e câmera, ao detectar um obstáculo à frente ele prepara o veículo para uma frenagem de emergência e alerta o motorista. Se este não responder, o sistema realiza uma frenagem parcial e, assim que o motorista pisa no freio, aumenta a potência da frenagem. Se o motorista não tomar nenhuma ação, realiza a frenagem autônoma de emergência.

Alerta de ponto cego

Por meio de dois radares, instalados um em cada lado do parachoque dianteiro, o sistema monitora continuamente as áreas no ponto cego do motorista, que nos caminhões são bem maiores que em outros veículos. Ao detectar a aproximação de veículos, ele alerta o motorista acendendo um símbolo integrado no espelho retrovisor. O sistema também auxilia o motorista em mudanças de faixa, alertando sobre potenciais perigos ao acionar o pisca.

Assistente de permanência em faixa

Através de uma câmera, o sistema monitora as marcações da pista para determinar a posição do veículo em relação à faixa. Caso detecte que o veículo está a ponto de sair da faixa involuntariamente, sem o acionamento do pisca, ele alerta o motorista com uma vibração no volante. A função é ativada a partir da velocidade de 60 km/h. Ele tem capacidade de atuar inclusive com chuva e outras situações de baixa visibilidade, evitando situações de risco.

Piloto automático adaptativo

Com o auxílio de um radar que monitora a área à frente do veículo, o sistema permite programar uma velocidade constante, ajustada ao fluxo do trânsito e mantendo uma distância predefinida do carro à frente. Ao identificar um veículo à frente, ele desacelera ou aplica uma frenagem suave para ajustar a velocidade. Além de permitir uma viagem mais confortável e segura, com menor risco de colisões, economiza combustível, evita frenagens e acelerações bruscas.

Alerta de fadiga

Por meio de um software que analisa constantemente o comportamento do motorista, o sistema é capaz de detectar se ele está com sonolência e emite um sinal visual e sonoro para fazer uma parada de descanso. Para isso, o sistema conta com informações da câmera e do sensor de ângulo de direção, reconhecendo fases em que o motorista deixa de controlar brevemente o volante e depois corrige abruptamente. A transição entre sentir-se cansado e cochilar ao volante é sutil e geralmente passa despercebida pelo motorista. Esse sistema pode ser complementado com o recurso do Boné de Alerta, outra inovação desenvolvida pela Ford.

Monitoramento de 360 graus

Composto por quatro câmeras – instaladas na frente, traseira e laterais do caminhão –, o sistema permite uma visão de 360 graus ao seu redor, na tela do painel ou por acesso remoto, pelo celular ou computador. As imagens são integradas por uma central inteligente, com algoritmo de calibração. Além de otimizar a visão do motorista em rodagem, facilita as manobras e reduz os riscos de acidentes e furtos.

Estacionamento seguro

Ter um ponto de parada seguro durante a viagem, com local protegido para estacionar o caminhão e acomodações para o motorista, é uma dificuldade comum enfrentada pelos caminhoneiros. O Estacionamento Seguro Ford é um sistema que poderá oferecer esse serviço utilizando a estrutura dos distribuidores da Rede Ford Caminhões no Brasil. Com agendamento feito por meio de um aplicativo, será possível pernoitar nos distribuidores, estacionando nos pátios equipados com câmeras de acesso e monitoramento. Além de dispor de dormitório, chuveiro e refeitório, o motorista também pode aproveitar a parada para fazer serviços de manutenção no caminhão.

Gerenciamento inteligente de carga

Quatro sensores instalados no chassi do caminhão permitem monitorar em tempo real e on-line a carga transportada no veículo. Além de aumentar a segurança, garantindo o atendimento da Lei da Balança e a correta distribuição da carga no veículo, o sistema também pode ser usado para comprovação e cobrança do volume transportado. Por indicar o correto peso e distribuição da carga, contribui para evitar o sobrepeso e desgaste excessivo, preservando os componentes do veículo.

Reconhecimento de sinais de trânsito

Por meio da câmera multifuncional, o sistema detecta e classifica os sinais de trânsito circulares, triangulares e retangulares, como limites de velocidade, restrições de ultrapassagem, incluindo os pontos inicial e final dos trechos onde os limites de velocidade estão em vigor. Também reconhece sinais como "parar", "direito de passagem“, “passagem preferencial”, “setas de curvas” e "obras na pista”. Para evitar a ultrapassagem dos limites de velocidade e multas, ele mostra para o motorista a última placa visualizada. No futuro, poderá ser integrado ao piloto automático para ajustar automaticamente a velocidade.

Ajuste automático de torque e potência

Combinando os dados da carga transportada, da transmissão e velocidade do caminhão, o sistema calibra automaticamente a potência e o torque do motor para obter o melhor desempenho com menor custo em cada condição de rodagem. Além de economizar combustível, reduz o desgaste e aumenta a durabilidade do equipamento.

Controle de farol inteligente

O sistema utiliza a câmera multifunção para garantir uma iluminação mais segura à noite sem ofuscar os demais motoristas. Ao detectar um veículo em sentido contrário, ele abaixa o farol alto e o religa automaticamente em seguida. Também ajusta o alcance do foco automaticamente para oferecer máxima visibilidade.

Sistema de diagnóstico preventivo

Por meio de um aplicativo, o motorista recebe informações sobre o estado dos principais componentes do caminhão para programar a sua manutenção antes da ocorrência de qualquer problema que interrompa a viagem. As informações são gerenciadas pelo módulo do caminhão e também podem ser acompanhadas pelo gestor da frota. Além de evitar paradas não programadas, otimiza o controle preventivo da manutenção.

Aplicativo de desempenho do motorista

Por meio de um aplicativo que segue o mesmo conceito dos “games”, o motorista pode conferir detalhes do seu desempenho na direção e comparar os resultados com o de outros motoristas da frota, ou de veículos semelhantes. Com isso, recebe orientação para melhorar seu comportamento na direção. O sistema também pode ser usado pelo gestor da frota como parâmetro para remuneração ou premiação do motorista com base na economia produtividade da operação.

comentários
Avaliar:

Comentários