Em Foco - Da Redação

Manutenção dos filtros de cabine contribui para saúde do motorista

Filtros de cabine bem mantidos previnem problemas respiratórios. A Mann Filter convidou o professor da Uniderp-Anhanguera e médico pneumologista Dr. Henrique Ferreira de Brito para dar algumas dicas

Filtro de ar atua contra diversas impurezasNa opinião do especialista, a manutenção adequada do filtro de cabine pode evitar problemas como infecção de vias aéreas superiores, rinite alérgica e outras complicações respiratórias importantes. Confira a entrevista:

Mann Filter: Que tipos de problemas respiratórios podem ser causados ou potencializados por conta de um filtro de cabine saturado (sujo)?

Dr. Henrique Ferreira de Brito: Diversos problemas respiratórios tais como infecção de vias aéreas superiores, rinite alérgica, hiperreatividade brônquica, crise asmática, pneumonia e diversos outros tipos de inflamações das vias aéreas inferiores.

MF: Qual a importância de manter o ar dentro da cabine dos veículos o mais puro possível, levando em consideração a produção de dióxido de carbono (CO2) pelo sistema respiratório do corpo humano?

HFB: A função primordial do sistema respiratório é realizar a troca (entrada) de oxigênio (O²) e saída de gás carbônico (CO²).  O filtro de cabine, além de atuar contra as mais diversas impurezas do ar (e por isso protegendo o sistema respiratório), atua contra gases tóxicos provenientes do exterior. É importante lembrar que, em um ambiente fechado (como uma cabine) a concentração de CO² aumenta (pela produção do nosso organismo) e, portanto, manter o ar mais puro proporciona um melhor funcionamento e alívio das vias respiratórias.

MF: Além do filtro de cabine, que outras ações o condutor pode ter para aumentar a segurança respiratória dentro de um carro?

HFB: Manter o interior sempre limpo e conservado (utilizando produtos de qualidade), não fumar e não utilizar o ar-condicionado em temperaturas muito baixas, além de sempre manter os filtros limpos.

Os filtros de cabine começaram a chegar ao Brasil em 1996. Atualmente, 70% dos veículos montados para o mercado nordestino e 40% dos veículos montados para outros estados vêm com este item. A substituição do filtro de cabine varia conforme as condições de uso do veículo e as recomendações do manual. Geralmente, a substituição se dá entre seis meses e um ano.

comentários
Avaliar:

Comentários