Em Foco - Da Redação

87% dos membros aprovam programa oferecido pela Rede PitStop

Programa Máquina de Vendas recebe grande aprovação dos membros e é um dos benefícios que fazem parte do Clube Financeiro, oferecido para toda a rede

O empresário que decide fazer parte da Rede PitStop passa a ter acesso a uma série de benefícios. Um exemplo é poder contar com as vantagens oferecidas pelo Clube Financeiro, no qual estão três programas de auxílio no controle financeiro e na segurança nos recebimentos. São eles, Máquina de Vendas, Cheque Seguro e o Pacote de Vantagens.

Todos os programas do Clube Financeiro foram desenvolvidos para dar ao empresário maior rentabilidade nos negócios e ajudá-lo a crescer com solidez. "Os empresários podem, e devem, ter suas ferramentas de monitoramento e controle financeiro. A Rede PitStop busca complementar com serviços que dão ainda mais segurança e geram economia, como poder aceitar cheques de cliente e ter 100% de certeza de que receberá o valor ou contar com vantagens em taxas bancárias", exemplifica o diretor da Rede PitStop, Paulo Fabiano.

Máquina de Vendas – Um dos programas desenvolvido pela Rede PitStop conta com a parceria da REDE, empresa especializada em soluções de pagamento online e de máquinas de cartões. É o Máquina de Vendas, no qual o membro da Rede PitStop passa a ter taxas mais competitivas e pode aceitar diversas bandeiras de crédito, débito e cartões de benefícios.

Em pesquisa realizada pela Rede PitStop, 87% dos membros classificaram este benefício como Muito Importante ou importante para seu negócio. E apenas 4% diz não considerar Importante a utilização do programa. Ainda quando questionados sobre os reais diferenciais em poder contar com este benefício, os cinco primeiros pontos citados pelos membros são taxa diferenciada, ampla carta de bandeiras, garantia de recebimento, aumento de vendas e competitividade em relação aos concorrentes.

"O retorno dado pelos membros fortalece nosso trabalho em buscar mais alternativas e benefícios. Como somos uma rede associativista, temos mais força na negociação e na formatação de parcerias", conclui Paulo Fabiano.

comentários
Avaliar:

Comentários