Direto do Fórum - Da Redação

Melhores do Fórum Agosto 2013

Pulso no quarto bico injetor era cortado no Gol City

Pulso no quarto bico injetor era cortado no Gol City
O reparador Luis Pena Junior publicou o seguinte defeito em nosso fórum:
Veículo: Gol City

Defeito: após vinte segundos de funcionamento havia corte de pulso negativo do quarto bico.

Diagnóstico: a partir desta falha iniciei o diagnóstico pelos chicotes, mas estavam todos ok. Testei o módulo de injeção e conferi a resistência dos bicos, mas ambos também estavam com funcionamento de acordo com o padrão. Verifiquei se o bico estava em curto com o massa quando parava de pulsar, mas isso também não ocorria. Encaminhei para teste também o módulo de injeção, mas este apresentou funcionamento normal.

Solução: como último item de manutenção, decidi testar a bobina de ignição e detectei que esta estava cortando o pulso do quarto cilindro. Substituindo-a o defeito foi solucionado. Esta falha ocorria devido a essas centrais de injeção quando detectam uma falha de ignição, cortam o pulso no cilindro correspondente para proteger o catalisador.

Motor do Fiat Uno Fire não dava partida
Esta falha foi publicada pelo reparador Paulo Cesar Rodrigues de Souza:
Veículo: Uno Fire 2004

Defeito: Não dá partida.

Diagnóstico: testando o veículo para entender a real causa desta falha, notei que chegava corrente nas velas normalmente, porém, não havia pulso, portanto o motor não pegava. Conferi se havia pressão na bomba de combustível e se o motor estava no ponto, mas tanto um quanto outro estavam dentro dos padrões estipulados pela fabricante. Decidi substituir o sensor de rotação e a roda fônica, mas o defeito persistiu.

Solução: a falha estava na central de injeção que perdeu a referência e não reconhecia mais o sensor MAP. Assim, ao desligarmos o respectivo sensor, o carro pegou normalmente, mas com oscilações.

Substituímos então o MAP, mas as oscilações permaneceram. Trocamos também a UCE e o defeito foi solucionado.

Temperatura no painel subia, mas motor do Corsa 1997 não superaquecia
Já o reparador Dirceu Ricardo Müller compartilhou esta falha:
Veículo: Corsa 1.0 mpfi 97 

Defeito: temperatura no painel subia muito, mas motor não chega a ferver.

Diagnóstico: Estive com esse veículo em minha oficina no qual a temperatura subia no painel, mas o motor não fervia, ou seja, era um defeito provavelmente no sensor de temperatura, ou então no painel do veículo. Dessa forma então monitorei com scanner o comportamento do sistema e o que apontava no painel era o mesmo que ocorria no scanner. Decidi então substituir as velas do carro, acreditando que a falha fosse causada por interferências, mas o defeito persistiu. Conferi ainda cabos e bobinas, mas não resolveu o caso. Conferi também o funcionamento da resistência do marcador de temperatura do painel, mas este também estava com funcionamento normal.

Solução: Como não havia obtido êxito nas tentativas anteriores, conferi os aterramentos do veículo.

Foi aí que detectei que o aterramento da carroceria estava descascado e encostando no bloco do motor. Reforcei o mesmo e fiz um novo aterramento, dessa maneira o defeito foi solucionado.

Luz de injeção da Saveiro estava piscando
O reparador Borja publicou:
Veículo: Saveiro 1.6 2009 Flex

Defeito: Luz de injeção piscando.

Diagnóstico: a Saveiro que estava em minha oficina possuía o sistema de injeção IAW 4VP e estava apresentando falhas no motor. Com um scanner analisamos os parâmetros do veículo e notamos que a relação A/F estava incorreta, marcando 126 quando o correto para etanol, que era o combustível que estava no tanque, seria 90. Ainda com o scanner, corrigi o defeito e, a partir de então, o veículo voltou a funcionar normalmente, porém a luz de injeção começou a piscar. Conferi se havia algum código de falha registrado para o defeito, mas não havia.

Analisei ainda o sincronismo da correia, polia de comando auxiliar, limitei o motor, mas nada solucionou o problema.

Solução: seguindo as dicas de reparadores do fórum, realizei o procedimento de reconhecimento do sensor de rotação acelerando três vezes até a rotação de corte. Ao final do processo desliguei o motor e ao religa-lo, a luz se apagou.

Motor da Hilux apresentava corte de rotação aos 4.600rpm
O reparador Antonio publicou esta falha em nosso fórum:
Veículo: Toyota Hilux 3.0

Defeito: ao atingir 140km/h e 4600rpm apresentava corte de rotação e a luz de injeção acendia.

Diagnóstico: com o auxílio de um scanner conferi se havia memoria de avarias e constou código P2008. Substituí os filtros do veículo mas não obtive resultados. Quando desligávamos o motor do veículo e ligávamos novamente, a luz apagava, mas se acelerássemos o defeito retornava. Segundo dicas de outros reparadores do fórum, alguns me disseram que é comum apresentar excesso de óleo no retorno dos bicos, conferi também este caso e também estava ok. Trocamos a bomba de alta, substituímos as quatro unidades injetoras, mas a falha permanecia. Removemos a turbina e a testamos, mas esta também estava ok.

Solução: substituindo a válvula de segurança localizada abaixo do coletor de admissão o defeito cessou.

Dificuldade de partida com o Gol 1.0 8V
Já o reparador Jean publicou sobre esta falha com o veículo em nosso fórum:
Veículo: VW Gol 1.0 8V

Defeito: dificuldade na partida.

Diagnóstico: quando o motor do veículo estava frio, geralmente o motor não pegava, e quando funcionava, a marcha lenta oscilava muito, como se houvesse falha de queima em algum dos cilindros.

Conferi bobina de ignição, cabos de vela, bicos injetores, sensor de rotação, sensor de fase, roda fônica, sensor MAP, compressão dos cilindros, sincronismo da correia dentada e por último ainda conferi o A/F, e este, assim como todo o resto, estava normal.

Solução: a central de injeção estava pulsando incorretamente, fazendo com que houvesse excesso de combustível na marcha lenta. Substituindo a UCE o defeito foi solucionado.

comentários
Avaliar:

Comentários