Consultor OB - Diogo Vieira

Osciloscópio Automotivo: uma ferramenta alternativa que gera resultados positivos e ganho de produtividade

Ainda pouco explorado pela maioria dos reparadores, esta importante ferramenta vem ganhando novos adeptos, pela sua versatilidade e eficiência nos diagnósticos

Manter uma oficina com as portas abertas não é tarefa fácil.   Além da carga tributária e encargos sociais, a empresa de manutenção automotiva possui uma equipe de técnicos  qualificados,  altos investimentos em equipamentos,  treinamentos constantes para todo time de colaboradores e tantos outros custos.

Somado a tudo isso, temos um mercado competitivo, globalizado, em que a cada dia que se passa fica mais difícil vender os produtos e serviços.

Diante de tal complexidade,  o empresário ou reparador/empresário fica horas e horas olhando para suas anotações contábeis tentando achar algo que possa ser reduzido ou cortado dos gastos mensais, tentando tornar sua empresa lucrativa.

Certamente que muitos pensam em aumentar o valor da hora técnica da empresa.  Porém essa medida pode deixar a oficina menos competitiva no mercado.

Diminuir a folha de pagamento pode resolver em alguns casos, mas não é uma regra que serve para todos.  O corte de colaboradores poderá sobrecarregar a equipe e gerar outros problemas.

Se o empresário deixar de investir em equipamentos e capacitação técnica,  infelizmente está materializando o óbito da empresa.

Custos com publicidade e propaganda devem ser mantidos, mesmo que de forma reduzida.

Os compromissos com os tributos e encargos devem estar em dia.

Qual seria a saída para aumentar a lucratividade do negócio?

Uma solução apresentada aqui a  vocês é a melhoria dos processos produtivos.  Estabelecer uma estratégia para reduzir  os tempos de reparo, pois tempo é dinheiro!   Uma  solução  muito abrangente, pois engloba não só a organização física da empresa de reparação mecânica, mas também um bom processo de gestão  e ferramentas adequadas para a execução dos serviços.

Vamos falar sobre este último, ferramentas e em especial o osciloscópio com aplicação automotiva.  

Um conceito simples para o termo ferramenta seria:  “objeto concebido para facilitar a realização de um trabalho”.   E isso o osciloscópio faz muito bem, pois é capaz de auxiliar o técnico na realização de serviços eletroeletrônicos e mecânicos do veículo, como os sistemas de ABS, AIRBAG, injeção eletrônica, transmissão, motor e tantos outros…

O  osciloscópio reduz o tempo de serviço e reduz também a possibilidade de um possível retrabalho.  A correta interpretação dos sinais traz um diagnóstico certeiro. Sem chutes.  

Estamos falando de serviços realizados em menos tempo. Mais veículos atendidos num dia, um aumento do ticket médio e do faturamento mensal.

Numa empresa de reparação automotiva, há pelo menos 3 tipos de manutenção: corretiva, preventiva e preditiva. A seguir abordaremos esses tipos de manutenção de forma simples, com foco prático e exemplos do osciloscópio aplicado em cada caso e seu impacto como ferramenta  que  pode melhorar o processo e aumentar seu lucro.

Grande parte dos veículos que chegam às oficinas apresentam panes que precisam de uma correção imediata.   Essa é a manutenção corretiva.  O  osciloscópio é versátil  na análise de sistemas de ignição, injetores, sensores e também a parte mecânica do veículo como o sincronismo do motor( gráfico do sinal do sensor de fase x sensor de rotação) que pode ser feito  desmontando o mínimo de peças.  É possível testar a compressão de cada cilindro do motor, analisando as quedas de tensão nos bornes da bateria. Também existe a possibilidade de verificar o sincronismo do motor, bem como a abertura das válvulas de um cilindro inserindo um transdutor de pressão no orifício da vela.  O osciloscópio é capaz de analisar tanto a parte eletroeletrônica como a parte mecânica do veículo!

Sonda capacitiva para testes do secundário de ignição
Transdutor de pressão que vai no orifício da vela de ignição.  Possibilita testes na câmara de combustão com o carro em funcionamento
Sonda para testes de compressão relativa nos bornes da bateriaTransdutor de corrente elétrica- pinça amperimétrica

A manutenção preventiva é aquela  que trabalha de acordo com uma programação pré- estabelecida.  Esse tipo de manutenção nasce no check list de entrada do veículo. Além dos itens que o técnico avalia, como os níveis e qualidade dos fluidos,  sistema de iluminação e outros, para esse tipo de manutenção  o osciloscópio é eficaz no teste  do sistema de carga, pois  é capaz de diagnosticar os diodos retificadores sem desmontá-los do conjunto.  O teste de correntes parasitas  é possível  com um transdutor de corrente elétrica(pinça amperimétrica) junto ao osciloscópio,  que ligado ao borne negativo,  identifica anormalidades no sistema elétrico e evitando  danos na bateria do carro e perda do valor de A/F no caso de veículos flex.

A manutenção preditiva é pouco conhecida dos reparadores automotivos.  Porém  é altamente usada na indústria e em segmentos de transporte, como a aviação.  Este tipo de manutenção tem como objetivo identificar problemas antes que se tornem mais sérios.  E isso é possível através de monitoramentos regulares das condições e performance dos diversos sistemas veiculares.  Antes que uma situação de risco se concretize no carro do seu cliente, você terá a possibilidade de resolver o problema.

Transdutor de vácuo de pastilha piezoelétrica
Dessa forma, seus clientes terão os custos futuros reduzidos e uma grande credibilidade junto à sua empresa. Deixar que o veículo apresente uma pane e correr o risco do cliente resolver este futuro problema em outra oficina?  De forma alguma!

O uso do osciloscópio com transdutores apropriados permite  testes dentro do conceito de manutenção preditiva.  Vejamos alguns casos:

• Análise de coxins de suspensão, rolamentos e buchas.   Com um transdutor piezoelétrico , podemos analisar vibrações e sofridas por estes componentes numa forma gráfica na tela do computador.

• Análise dos estados das válvulas de admissão e escape. Não somente de forma corretiva(quando temos problemas de vedação de válvulas no assentamento ou nas hastes), mas o monitoramento  com um transdutor de pastilha piezoelétrica colocado numa tomada de vácuo do coletor de admissão pode apontar falhas  nas regulagens de válvulas. Um bom exemplo são os veículos Honda, que quando as válvulas estão desreguladas, apresentam um alto consumo de combustível.

• Análise de motores elétricos. Os testes são realizados com um transdutor de corrente(pinça amperimétrica).  Esta ferramenta é inserida, por exemplo, junto ao fusível  e  conseguimos “ver” o estado dos contatos das escovas e coletor do induzido.  Tudo isso sem desmontar quase nada!  Além dos testes dos motores de corrente contínua,  pode-se diagnosticar pontos de isolamento no chicote elétrico do veículo.  Uma boa oportunidade de aumentar o faturamento é o monitoramento dos sinais de corrente elétrica da bomba de combustível e dos eletroventiladores do sistema de arrefecimento.

Exemplo de um eletroventilador com falhas de um carro que chegou com alguns vazamentos no sistema de arrefecimento.  Observe a irregularidade de corrente elétrica causada por problemas no contato das escovas com o coletor.  Interessante é que esse eletroventilador funcionava “normalmente”.  Certamente o defeito iria se manifestar num curto espaço de tempo
Lembra do conceito de manutenção preditiva?   Identificar problemas antes que se tornem mais sérios?  Imagine você reparador identificando anormalidades no sinal do eletroventilador, por exemplo. Munido dos resultados impressos,  você informa ao dono do carro o resultado dos seus testes.  Será que o cliente se sentirá seguro conduzindo uma máquina que poderá deixá-lo na estrada?  Lógico que não. O reparador que pratica diagnóstico avançado possui as ferramentas necessárias para um bom serviço e para uma boa venda também!

Forma de onda de um eletroventilador em boas condições
Ao decorrer das edições, mostraremos casos reais em que o osciloscópio  é uma solução eficaz para melhorar os processos de um diagnóstico. Não deixe de acessar o CASOS DE ESTUDO e até a próxima.

comentários
Avaliar:

Comentários